CONTRAPÉ | COM UM SALTO, FABIANA MURER SE CLASSIFICA PARA A FINAL DO MUNDIAL

Fabiana Murer - Salto com Vara

CONTRAPÉ | COM UM SALTO, FABIANA MURER SE CLASSIFICA PARA A FINAL DO MUNDIAL

26 de agosto de 2015

Campeã em 2011, saltadora do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA está na briga por medalhas em Pequim, nesta quarta-feira (26/8/2015), a partir das 8 horas (de Brasília): ‘A única coisa certa é que será uma disputa difícil’

Toronto - Canada - 23/07/2015 Jogos Panamericanos  2015. Provas de atletismo no CIBC Athletics Stadium. Na foto destaque para a atleta Fabiana Murer do salto com vara q conquistou a medalha de prata na competicao. Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COB

Toronto – Canada – 23/07/2015 Jogos Panamericanos 2015. Provas de atletismo no CIBC Athletics Stadium. Na foto destaque para a atleta Fabiana Murer do salto com vara q conquistou a medalha de prata na competicao. Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COB

São Caetano do Sul – Fabiana Murer, do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA, está na final do salto com vara do Mundial de Pequim – a disputa por medalhas será na quarta-feira (26/8/2015), a partir das 8 horas (de Brasília). Campeã mundial em 2011, a saltadora não teve dificuldades para chegar em mais uma final. Precisou de apenas um salto, com o sarrafo a 4,55 m, para se classificar.

Inicialmente, a classificação para final era de 4,60 m. As atletas começaram a competir a 4,15 m – Fabiana optou por não passar essa primeira marca, assim como 4,30 m e 4,45 m. Apenas a brasileira e a americana Jennifer Suhr, atual campeã olímpica, entraram na prova com o sarrafo a 4,55 m de altura, mas Jennifer precisou de dois saltos para se classificar.

“Estava confiante, me sentindo bem e fiz um bom aquecimento. No masculino, vi que a pista era boa, então decidi começar com 4,55 m. Estava preparada para saltar 4,60 m mas a organização decidiu colocar 14 atletas na final e um salto foi suficiente.” Fabiana fez sua projeção para a decisão de quarta-feira. “A única coisa certa é que será uma disputa difícil, com várias saltadoras em busca do pódio.”

Para a saltadora, as atletas precisarão saltar 4,80 m para entrar na zona de medalhas – e 4,90 m para conquistar o título em Pequim. Fabiana já saltou 4,80 m duas vezes nesta temporada, na Diamond League de Nova York e nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, marca que a coloca como quarta colocada no ranking mundial. Na temporada indoor, alcançou 4,83 m, recorde sul-americano.

Patrocinadores

© Copyright 2016 Fabiana Murer